19 mai
Hotspot fit no Rio: La Fruteria!

botica-urbana-hotspot-fit-ipanema-la-fruteria-saúde

Nesses últimos meses tenho preferido marcar minhas reuniões em lugares bem delícia e de preferência com comidinha saudável! Sorte minha é que muitas das minhas clientes estão na mesma vibe, então eu e elas acabamos trocando figurinhas e conhecendo novos lugares. Um dos meus já favoritos é o Jaeé, que prometo falar em breve aqui no blog, e o outro é paixão recente: a La Fruteria.

Tem menos de dois meses em Ipanema e já faz o maior burburinho! Conheci através da Karina Cruz, que mora no bairro e ficou igualmente encantada com o lugar. Demorei um pouco pra ir conhecer, mas foi à noite mesmo depois do job que passei lá pra provar um dos quitutes mais famosos: o quibe de abóbora. Essa belezinha aqui, ó:

botica-urbana-hotspot-fit-ipanema-la-fruteria-quibe-de-abóbora

Ele é super levinho, e é composto por 80% de abóbora, farinha de trigo sarraceno + recheio de iogurte natural com queijo minas. Você pode comer lá na hora ou levar pra casa – minha nutri aprovou e disse que posso comer no almoço ou jantar com saladinha ou metade dele no pré-treino. Sou viciada nele! Além do quibe, também tem lasanha de berinjela e quiche com massa de grão de bico, que ainda não provei mas já quero.

botica-urbana-hotspot-fit-ipanema-la-fruteria-frango-legumes-no-vapor

Eles também tem pratos do dia pra lá de gostosos! No dia que saí da minha primeira consulta com a nutri fui almoçar lá e pedi esse frango em tiras com arroz com brócolis. A fome falou mais alto e pedi à parte a porção de legumes no vapor, e vocês não tem noção de como é gostoso! Me explicaram que os alimentos são cozidos no vapor pra preservar os nutrientes e o sabor, e quem passou a fazer isso em casa? kkk O mais legal é que esses pratos vendem em porção individual, embaladas à vácuo, prontas pra levar pra casa e preparar. Tem várias opções, desde legumes até os frangos e peixes, delícia demais.

botica-urbana-hotspot-fit-ipanema-la-fruteria-salada-de-frutas

As saladas de frutas são uma coisa! Tem misturada, ou porções de uma única fruta, podem acompanhar ou não granola, e também vale dar um upgrade com iogurte natural – vem num potinho pequeno e custa R$ 1,50. As saladas variam entre R$ 8 e R$ 10. Comi a mista com tudo o que tem direito e claro que adorei! Mais uma dica da minha nutri pra mim: já que amo iogurte grego, ela indicou o Yorgus (vende lá), e como não como puro rola bater com polpa de fruta. Aí sim! Ah, vale dizer que as tortas de banana e maçã são deliciosas!

botica-urbana-hotspot-fit-ipanema-la-fruteria

foto: Ateliê Amalfi

botica-urbana-hotspot-fit-ipanema-la-fruteria-frutas

O espaço é um show à parte: mesmo estreitinho, ele é fundo e cheio de cores! As frutas mais lindas e super organizadas – nem todas são orgânicas -, no fundo o balcão onde dá pra sentar até 3 pessoas, e do lado esquerdo os refrigeradores com as saladas, sucos, iogurtes, polpas e outros congelados muito bem arrumadinhos.

botica-urbana-hotspot-fit-ipanema-la-fruteria-fachada

Sobre preços no geral: não é baratinho, mas meu truque é escolher coisas mais em conta e que eu acho que vale realmente a pena comprar! Claro que se eu pudesse comeria todo santo dia, tudo é muito gostoso e o atendimento é incrível. Os funcionários conversam com você, te explicam tudo, são atenciosos demais, incluindo os proprietários. Vale conhecer e frequentar! <3

La Fruteria
Rua Visconde de Pirajá, 547 – loja E – Ipanema
Tel.: 2249-2944
Instagram: @alafruteria


Tags: , ,
Thálassa Coutinho

15 mai
Vídeo da semana: Pretty Girls, da Britney Spears + Iggy Azalea

ddDepois de muito adiarem, finalmente saiu na quarta-feira o clipe de “Pretty Girls”, aguardado single da Britney Spears com Iggy Azalea! Com uma pegada final dos anos 80, as duas desfilam looks coloridos (e um pouco duvidosos, haha, embora eu tenha curtido os da Iggy) e rola até coreografia da Brit <3 Pra dar uma animada no fim de semana:


Tags: , , , ,
Thálassa Coutinho

14 mai
#projetoyoubetterworkbitch: nova fase!

Contei meu dramalhão mexicano ontem aqui nesse post (vale ler pra entender melhor o drama, aquelas), e promessa é dívida: hoje vou falar da nova fase que minha reeducação está passando! \o/ Desde o começo do ano passado que venho nessa trajetória cheia de emoções (música de superação dos filmes da Sessão da Tarde), já no Réveillon com 90 quilos. Contei em algum post sobre minha dificuldade em encontrar uma roupa linda pra virada e o quão mal eu fiquei com a situação toda. Não me reconhecia mais: de corpo bacana – nunca fui magra – e ativo pra um corpo sedentário e cheio de problemas por causa do sobrepeso, fora a autoestima lá embaixo.

botica-urbana-emagrecimento-look-reveillon-2014

botica-urbana-emagrecimento-look-maio-2013

Bom deixar claro também que sempre defendi a galera plus size, e respeito demais quem ama seu corpo do jeito que é. No meu caso, também quero amar o meu corpo, do jeito que ele era. Vestia 40 e era feliz com meu corpo. E é pra ele que quero voltar, só que com muito mais consciência do que realmente preciso e indo muito além da pura e simples estética. Por isso vi que já passava da hora de fazer um trabalho sério com uma boa nutricionista, e foi assim que comecei a parceria com a Dra. Lucianna Jardim, também blogueira no ótimo The Health Is On The Table, onde ela mostra que é possível comer bem e saudável nas viagens.

botica-urbana-looks-emagrecimento-reeducação-youbetterworkbitch-Lucianna-Jardim

Minha primeira consulta com ela durou duas horas (!!!) e antes de entrar no consultório preenchi uma ficha, de onde partiu toda a análise sobre mim. Desde as clássicas perguntas sobre casos de doenças na família e alergias até as mais específicas, como hora que vou dormir e acordo. O que já achei ótimo, porque tem muito mais do que ficar ~sarada~! É melhorar qualidade do sono, condicionamento físico, tudo. Qualidade de vida! Conversamos muito, a Lucianna me deu várias dicas e perguntou tudo sobre meu dia-a-dia. Falando nisso, constatei que todo nutri é um psicólogo, né? haha Ela me pesou, tirou todas as medidas e me fotografou pra comparativo (as imagens ficam pra ela, viu, gente? Não se tem o rosto fotografado e fica no sigilo total).

Saí de lá sabendo muitas coisas legais e muito feliz de começar essa etapa! Em cima dessa consulta e de tudo o que conversamos é que ela monta meu plano alimentar, que é enviado em até cinco dias, além do pedido de exame de sangue que é MUITO completo (mede nível de tudo, gente). Ainda não recebi o meu (até terça vai), e já tô ansiosa! Por enquanto tô na minha reeducação por conta própria, larguei o lanche com pão à noite tem um mês e tô adorando inventar jantas gostosas e saudáveis. Minha próxima consulta é no começo de junho e conto mais aqui pra vocês! Ah, tô contando toda a minha saga no Snapchat, me sigam lá: thalassa21. ;)

botica-urbana-looks-emagrecimento-reeducação-youbetterworkbitch-projeto-1

Ah, e pra quem se interessou em conhecer mais do trabalho da Dra. Lucianna, pode clicar aqui pra saber tudo! Ela atende em domicílio, na Barra e agora em Ipanema, no Top Center 550. Além de super nutri ela é uma simpatia, recomendo! <3


Tags: , , , ,
Thálassa Coutinho

13 mai
Festival de Cannes 2015: Lupita Nyong’o

Além de informar que o vestido é um Gucci feito sob medida e especialmente pra ocasião, não sei mais o que dizer… só sentir:

botica-urbana-cannes-2015-lupita-nyongo-look-gucci

Tem samba na escadaria? Tem sim, e se reclamar vai ter a Sapucaí inteira.

botica-urbana-cannes-2015-lupita-nyongo-look-gucci-1

Que pessoa ousaria em ficar linda de verde com batom roxo? Lupita, claro.

botica-urbana-cannes-2015-lupita-nyongo-look-gucci-2

E essa ostentação toda de joias Chopard, gente?

botica-urbana-cannes-2015-lupita-nyongo-look-gucci-3

botica-urbana-cannes-2015-lupita-nyongo-look-gucci-4

Porque pra humilhação desse naipe não precisa de legenda.


Tags: , , ,
Thálassa Coutinho

13 mai
#ProjetoYouBetterWorkBitch: dificuldades

Faz tempo que não falo do projeto aqui, né? Então senta que lá vem textão: vim numa batida super bacana desde quando comecei pra valer o meu projeto, mas por causa de um velho problema precisei parar de frequentar a academia. Eu sempre tive cálculos renais, desde a adolescência, e dessa vez foi violento porque descobri que estava com um enorme e só poderia tirar com intervenção cirúrgica. Ao mesmo tempo, as dores foram aumentando e vi que não dava mais pra frequentar a academia quando tive uma crise depois da série que fiz lá. Isso foi em julho, e só em fevereiro que consegui fazer a litotripsia – invasivo, porém sem cortes.

botica-urbana-gif-comendo-pipoca

A cirurgia correu super bem tirando o fato de ter ficado nervosa na sala de cirurgia, a primeira noite foi terrível com o uso da sonda (que nunca tinha usado), mas no dia seguinte já tiraram pra que eu pudesse urinar sozinha. Às 11h do sábado – operei numa sexta, 20/02 – meu urologista foi me ver pra me dar alta. Até aí tudo bem, não fosse o incômodo extremo do cateter duplo J. Ele machucava e sempre saía sangue na urina, coisa normal segundo o médico, além de não me deixar me movimentar demais. Ou seja, foi só no dia 19 de março que fui me livrar do bendito – e sem anestesia, da forma mais constrangedora possível (pra quem não sabe, se fica numa posição ginecológica MUITO forçada pra fazer a retirada, mesmo procedimento da cirurgia). Fiquei exatos 10 minutos na sala de cirurgia e fui embora bem de boa, andando, embora tivesse incomodada com o procedimento e um pouco tensa.

botica-urbana-gif-animadona

Continuei com uma dor chata e voltei quatro dias depois no urologista, no que ele suspendeu os meus medicamentos por suspeitar que minha dor fosse o excesso de antibióticos. Realmente era, minha dor sumiu dois dias depois de ter parado de tomar os remédios. Esperei mais uns dias pra voltar a fazer minhas atividades, igual pinto no lixo! haha O corpo parado demais como estava sofreu, eu sentia falta e tinha engordado quase quatro quilos antes da cirurgia. Comendo caldo por um mês, emagreci dois quilos (mas vejam bem, eu estava intolerante a comida sólida, o corpo rejeitava não sei porquê, então por favor NÃO saiam comendo só caldos e sopas, fiquei super fraca nesse tempo). Cheguei a 74kgs, e finalmente fui voltando a comer normal e iniciei minhas famosas caminhadas na praça, felizona de não sentir nenhuma dor.

botica-urbana-gif-sheldon-basquete

Pensa que a história da Cinderela terminou com final feliz? Então pega a pipoca, senta aqui do meu ladinho e pega essa: resolvi praticar um esporte que adorava na escola, o basquete. Entrei pra um grupo de veteranos – na AABB do Leblon – e comecei a frequentar, uma vez por semana. Até que um belo dia eu fui fazer alongamento de manhã na academia (esqueci de contar essa: voltei antes do que pensava pois fui ao ortopedista fazer um check up e fui diagnosticada com uma parada patelar que esqueci o nome, precisava de reforço muscular pra colocar a danada da patela pra dentro), e saí com um pouco de dor nas partes internas dos joelhos. Até aí tudo bem, como toda boa taurina teimosa pensei “ah, não é nada, daqui a pouco melhora“. A dor persistiu o dia todo, e eu lindíssima resolvi ir pro basquete. Meu inferno.

Joguei uma partida de cerca de quinze minutos, correndo e pulando sem parar. Quando terminou a primeira partida e eu finalmente parei, eu quase caí porque não conseguia me sustentar nas pernas. Andei mancando até a bancada com muita dificuldade, sentei pra tentar relaxar e resolvi ir embora, chateadézima. Fui fazer a avaliação física com a fisioterapeuta na academia na mesma semana e adivinhem? Fui diagnosticada com inflamação crônica no que chamam de “pata de ganso” esquerdo, que são um conjunto de tendões (vale ler mais aqui), confirmada depois pelo ortopedista. Resumo da ópera: fui expressamente proibida de fazer QUALQUER atividade aeróbica, seja de leve ou forte impacto. Meu basquete, ioga e caminhada foram pro brejo.

botica-urbana-gif-serena-chorando

Sendo um Joseph Climber da vida, eu não desisti. Achei um absurdo me livrar de um problema de antes e ficar mais uma vez impossibilitada de fazer atividades por conta de outro problema. E aí caí na real de verdade: eu fui totalmente negligente com a minha saúde nesses anos todos. Aproveitei meu plano pra marcar tudo quanto é especialista pra não dar bobeira. Trabalho sempre esteve à frente de tudo na minha vida, mas damos valor mesmo quando o bicho pega. No meu caso, antes tarde do que nunca, né?

Agora estou na fisioterapia pra curar a inflamação da pata de ganso além de pôr gelo três vezes ao dia, tomei um anti inflamatório por cinco dias e vou ficando nessa até curar essa parte. Só depois que vou ser liberada pra fazer o fortalecimento muscular na academia e SÓ DEPOIS que vou, finalmente, poder voltar devagar pras atividades normais. Nunca mais vai ser a mesma coisa, pois quem tem esses problemas sabe que não se cura de vez. É um problema que se não andar na linha e abusar vai voltar sempre.

botica-urbana-gif-britney-palmas

Em compensação, tenho o melhor personal: o Rogério, que monta minhas séries desde quando comecei o projeto e super entende minhas necessidades, montou uma série pesada pra superiores que tô amando! Fortalecer braços e lombar, corrigir rotação dos ombros e arrasar nas abdominais: saio morta mas satisfeita. Tem um mês e já se foi mais um quilinho, agora falta pouco! Amanhã vou contar sobre a nova fase na alimentação, com uma dica mara e mais histórias da minha vida, kkkk. Tamos juntos! :D


Tags: , , , ,
Thálassa Coutinho

12 mai
Shine bright like a diamond

Amo essa frase! haha É da música “Diamonds“, da Rihanna, e gosto tanto de usar como expressão que tenho até um painel no Pinterest (clica pra me seguir lá) com esse nome e cujo tema é… tudo que brilha! Já disse aqui no blog algumas vezes que tenho uma drag queen devidamente adormecida dentro de mim e quando vê brilho fica eufórica, kkk. E foi assim que fiquei essa semana ao ver esses dois looks lindos: um é um pouco difícil pra mim colocar em prática, outro já é super, mas ambos maravilhosos em suas propostas!

botica-urbana-look-rosie-huntington-whiteley

botica-urbana-look-rosie-huntington-whiteley-1

botica-urbana-look-rosie-huntington-whiteley-2

Não é segredo pra ninguém sobre como amo Rosie Huntington-Whiteley e o seu estilo (a Candice Swanepoel mora no meu coração pelo corpo maravilhoso e beleza)! Combinação super sexy com mix de estampas, tudo bordado com muitos canutilhos e paetês. Eu sinceramente não saberia fazer uma combinação assim, é bem difícil (no meu caso) de dar certo! haha Como ainda tenho complexo de usar blusas assim, de alcinha fina, não me jogo. Mas queria coragem!

Mas a saia é maravilhosa e eu queria pra vida! Amei a assimetria, os bordados e o poder todo. Pra neutralizar tanta informação, scarpin preto infalível e beleza mais contida. Cabelo e look já foram devidamente repinados! :P

botica-urbana-look-natalie-portman-1

botica-urbana-look-natalie-portman

E o segundo eu considero super real porque é absurdamente fácil de usar! Adoro as produções mais clean da Natalie Portman, mas essa me ganhou pelo vestido escolhido que é incrível e todo o conjunto da obra: cabelo num coque impecável, make bem de acordo com os tons da roupa sem ficar cafona (repinei aqui), sandálias básicas mas com seu charme. Amo demais esse tipo de modelagem pra vestido, um pouco mais amplo, com mangas… e essa cor é maravilhosa. Sério, queria pra mim!

Agora fica pra mim o exercício pra tentar incorporar mais brilho no dia-a-dia, ou mesmo em ocasiões especiais que não necessariamente um casório (ou red carpet), né? #notamental Até porque a vida com brilho tem mais graça! :D


Tags: , , ,
Thálassa Coutinho